Necessidades, identificação e ódio. Onde tudo isso pode realmente nos levar?

Quando a figura de Hitler ascendeu na Alemanha do século XX, seu discurso não era apenas de ódio aos judeus, gays e ciganos (naquela cultura não havia negros, mas havia propaganda também para desqualificá-los como sub-raça). De forma alguma. O líder nazista tocava em sua fala questões de interesse geral da nação, ligadas ao campo… Ler mais

Democracia e educação

O antropólogo Roberto Damatta, em recente artigo, faz uma análise do conceito histórico e social de EDUCAÇÃO que temos no Brasil. Ele vê dois sentidos  – instrução/conhecimento e refinamento/boas maneiras. Para ele existe uma hierarquia nesses dois sentidos que privilegia o refinamento em detrimento da instrução. As boas maneiras estariam ligadas ao berço (hereditariedade nobre), ao… Ler mais

Brasil – Estamos em Obras!

Civilizações na Europa e na Ásia se desenvolvem há milênios. Hoje, alguns dos países dessas regiões estão em situação privilegiada social e economicamente falando. E no imaginário brasileiro se destacam os países do norte da Europa e alguns de língua latina como paraísos sobre a Terra e exemplos do que deveria ser o Brasil. Corriqueiramente… Ler mais

Sebastião Salgado – 500 anos em 13 minutos de entrevista

O mar de lama tóxica que destruiu uma bacia hidrográfica do tamanho de Portugal é o retrato em branco e preto mais fiel do Brasil e da sua história. O Rio Doce e todo o complexo ecossistema que inclui flora, fauna, população ribeirinha, povos indígenas e cidades, algumas históricas, vai levar 20 anos para ser recuperado.… Ler mais

O insustentável peso do TER e a leveza yorubá

O vídeo no final desse post é de 2012. Fernando Gabeira entrevista Ladislau Dowbour e Eduardo Giannetti da Fonseca, dois economistas que tem uma produção bastante interessante que extrapola a análise econômica e passeia pela filosofia, a sociologia e a política. A entrevista trata dos limites do trabalho e os entrevistados apresentam algumas ideias interessantes para… Ler mais